Bolsonaro chama Dino de “baleia” e ironiza investigação

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) minimizou neste sábado (18.nov.2023) o inquérito da Polícia Federal que o investiga por possível crime de “importunação intencional” de uma baleia jubarte em São Sebastião, no litoral de São Paulo, em junho deste ano.

Ao mencionar a investigação, Bolsonaro chamou o ministro Flávio Dino (Justiça) de “baleia”, sem citar o seu nome. “Todo dia tem uma maldade em cima de mim, a de ontem foi que estou perseguindo baleias. A única baleia que não gosta de mim lá na Esplanada é aquela que está no ministério. É aquela que diz que eu queria dar o golpe agora no dia 8 de Janeiro. Mas, aquela baleia some com os vídeos do seu ministério”, disse em evento do PL Mulher em Porto Alegre (RS)….

O Ministério Público Federal de São Paulo divulgou na 6ª feira (17.nov) que acompanharia o inquérito policial sobre a importunação da baleia jubarte.

A informação foi publicada em edição do Diário Oficial do MPF….