COMPARTILHE E AJUDE INFORMAR MAIS PESSOAS

Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada pelo jornal “Folha de S.Paulo” neste sábado mostra que mais da metade dos brasileiros é contra o voto obrigatório no país.

De acordo com o levantamento, 56% dos entrevistados são contrários ao voto obrigatório, enquanto 41% se dizem favoráveis à obrigatoriedade. Os que não souberam responder representam 1%, e 1% se disse indiferente ao tema.

A margem de erro na pesquisa, feita entre os dias 8 e 10 de dezembro, é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O Datafolha ouviu 2.016 pessoas que possuem telefone celular de todas as regiões brasileiras.

No levantamento anterior do Datafolha, em 2015, 66% dos entrevistados também se diziam contrários. Em 2014, 54% eram contrários em outubro; 56% em agosto; 59% em julho; e 61% em julho.

A maior rejeição à obrigatoriedade do voto ocorre entre os homens (64%). Entre as mulheres, o índice é de 50%.

Entre os jovens de 16 a 24 anos, a rejeição ao voto obrigatório atinge o seu menor índice, 40%. A faixa que mais rejeita o voto obrigatório é a dos eleitores com curso superior, com 62%.

Entre os servidores públicos, a obrigatoriedade também atinge um dos maiores índices de rejeição (68%).

E, no recorte regional, eleitores de regiões metropolitanas são mais críticos ao sistema atual (64%) do que em cidades do interior (51%).