COMPARTILHE E AJUDE INFORMAR MAIS PESSOAS

Dados repassados pela Polícia Civil do Maranhão, apontam que de janeiro a abril de 2021, nove pessoas foram vítimas de latrocínio (que é o roubo seguido de morte) na região metropolitana de São Luís. Mas, segundo a Superintendência Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP), desse total casos, 90 % dos deles já foram elucidados com a identificação dos criminosos e alguns com as prisões dos autores.

O balanço foi feito pelo delegado Felipe César, chefe do Departamento de Homicídios da SHPP, que descreve que uma grande parte dessa modalidade de crime são de autoria de integrantes de organizações criminosas e com utilização de arma de fogo.

Em números, foram oito pessoas presas e dois adolescentes apreendidos por participação em crime de latrocínio ocorridos na região metropolitana de São Luís.

O delegado Felipe César destacou que o último caso de latrocínio que ocorreu na grande ilha foi no dia 27 de abril, quando um homem identificado por Nielson da Silva Guimarães foi surpreendido e morto ao resistir a uma assalto em uma lanchonete no bairro da Cidade Operária. Nesse caso , os autores já foram identificados.