COMPARTILHE E AJUDE INFORMAR MAIS PESSOAS

O destaque da noite de ontem, em uma confraternização/evento político promovida pelo vice-governador Carlos Brandão (PSDB), em São Luís, foi, sem dúvida alguma, a declaração de apoio ao tucano do deputado estadual Adriano Sarney (PV), neto do ex-presidente José Sarney (MDB).

Em sua fala, o parlamentar verde, que concorrerá a reeleição, aproveitou-se da ausência do governador Flávio Dino (PSB), que já declarou apoio pessoal ao seu vice, para, de forma clara, criticar o socialista que sempre combateu a sua família e a denominou de Oligarquia carcomida.

“Ele [Brandão] que vai fazer do Maranhão o Maranhão com mais empresas. Por que o Maranhão só vai crescer se tiver a iniciativa privada forte. Se tiver uma gestão competente. E quem vai fazer isso? É o Brandão, por que tem experiência, tem competência e é o mais preparado”, disparou Adriano.

Flávio Dino elegeu-se, em 2014, e reelegeu-se, em 2018, criticando os Sarneys.

Hoje, seu campo político, mais do que nunca, atrela-se a agentes que, de acordo com o próprio governador, foram responsáveis por 50 anos de atraso no Estado.