COMPARTILHE E AJUDE INFORMAR MAIS PESSOAS


A candidata do PCB à Presidência da República, Sofia Manzano, disse hoje (14), por meio das redes sociais, que, se eleita, vai desenvolver um programa visando a construção de habitações populares e que confiscará “sem indenização” imóveis ociosos nos grandes centros urbanos. Disse também que vai priorizar medidas sociais em vez de fiscais.

Ao defender “moradia digna para a classe trabalhadora”, a candidata disse, via Twitter, que vai “confiscar sem indenização os imóveis ociosos nos grandes centros urbanos”, e que isso virá “aliado a um vasto programa de reforma e construção de habitações populares, de forma a superar o déficit habitacional no período de quatro anos”.

“Vamos revogar toda legislação antipopular oriunda dos governos neoliberais das últimas décadas e criar a Lei de Responsabilidade Social, visando atender os interesses populares, com reformas na educação, saúde, transporte, saneamento, agricultura familiar e programas sociais”, acrescentou.

Segundo Sofia, em vez de “superávit fiscal, equilíbrio orçamentário e austeridade, a palavra de ordem deve ser responsabilidade social, reformas profundas e gasto público para garantir o desenvolvimento econômico-social e mudar radicalmente as condições de vida da população”.