COMPARTILHE E AJUDE INFORMAR MAIS PESSOAS


O candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) passou o dia na Baixada Fluminense, região metropolitana do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (11), onde fez caminhada e comício em Belford Roxo. Na cidade, ele recebeu o apoio do prefeito Waguinho (União Brasil), e de outros políticos da região. O gestor municipal é evangélico e tem feito a ponte com o segmento em favor do petista. 

Um dos objetivos do candidato é aumentar o número de votos na cidade, onde o petista teve 38,9% dos votos válidos no primeiro turno das eleições.     

“Estejam certos, nós vamos ganhar as eleições no estado do Rio. Vamos dar uma surra em Belford Roxo”, afirmou Lula durante comício. Antes do evento, ele fez uma caminhada pelas ruas da cidade, com a participação de centenas de apoiadores. Em seguida, concedeu entrevista à imprensa, ao lado de políticos aliados.

Ainda durante o comício, Lula prometeu investimentos na área de educação. “O povo trabalhador desse país não quer ser só pedreiro, quer ser engenheiro, médico, diplomata e advogado”, afirmou. 

Em uma fala direcionada ao público evangélico, Lula lembrou que seu governo jamais perseguiu igrejas e citou a lei da liberdade religiosa e o dia nacional da Marcha para Jesus. No primeiro caso, em 2003, o presidente sancionou a lei 10.825, que define as organizações religiosas e os partidos políticos como pessoas jurídicas de direito privado, e garante liberdade para que igrejas sejam criadas. Já em 2009, foi sancionada a lei que cria o Dia Nacional da Marcha para Jesus.

Lula continua no estado do Rio de Janeiro na manhã desta quarta-feira, onde participará de uma caminhada no Complexo do Alemão, na capital. Depois disso, o ex-presidente embarca para Salvador, onde participa de caminhada à tarde.