COMPARTILHE E AJUDE INFORMAR MAIS PESSOAS


Os candidatos à Presidência da República entraram na quarta semana de campanha com atividades como caminhada, panfletagem e gravação de propaganda eleitoral.

O candidato do PDT à presidência da República, Ciro Gomes, fez campanha neste domingo em Minas Gerais. Ciro realizou um Encontro com Mulheres em Uberlândia e prometeu transformar a educação brasileira na melhor do mundo em 15 anos. Ele também criticou o que chamou de polarização da política nacional e o alto endividamento dos brasileiros, causados, segundo ele, pelos governos dos últimos 11 anos. 

José Maria Eymael (DC) não teve agenda oficial de campanha, neste domingo.

O candidato Felipe D’Ávila (Novo) cumpriu agenda em Novo Esteio (RS), região metropolitana de Porto Alegre, onde visitou a 45ª Expointer, no Parque de Exposições Assis Brasil. Depois, na capital gaúcha, almoçou no CTG Estância da Azenha. No fim da tarde, ele fez uma caminhada no Parque Jaime Lerner (Orla do Guaíba). Em conversa com produtores gaúchos, disse que o “Brasil que dá certo é o agronegócio”. “Não há dúvida que o agronegócio é o motor, a alavanca do Brasil que dá certo. Se nós pegarmos de 2010 e 2020, o PIB do agro cresceu 32%, e o da indústria caiu 18%. Portanto, esses pequenos suspiros de crescimento econômico do Brasil é por causa do agro”, disse.

O presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, participou, na manhã deste domingo (4), da cerimônia da troca da Bandeira Nacional, que ocorre sempre aos primeiros domingos de cada mês na Praça dos Três Poderes, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. O Mastro da Bandeira Nacional tem cerca de 100 metros de altura e possui a maior bandeira do Brasil hasteada no país. O ato deste domingo também marcou a abertura da Semana da Pátria, que este ano celebra os 200 anos da Independência do Brasil. Bolsonaro esteve acompanhado da primeira-dama Michelle Bolsonaro, de ministros, autoridades e militares. O hasteamento da nova bandeira é feito ao som do Hino Nacional e o soar de sete vivas em toque de apito marinheiro, seguidos de uma bateria de salvas de 21 tiros de canhão. Também é feito o arreamento da bandeira substituída, acompanhado do canto do hino à bandeira, e o desfile da Guarda de Honra.

O candidato Leonardo Péricles (UP) passou o domingo sem atividades políticas, em casa, reunido com a família.

O candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se reuniu com trabalhadoras domésticas, no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo (SP). Elas entregaram um documento com reivindicações da categoria para o próximo governo. Lula lembrou que são 5,2 milhões de trabalhadoras domésticas no Brasil, sendo 65% negras. Além disso, 4 milhões não têm carteira profissional assinada. “Eu me comprometo a ler o documento que recebi hoje e vamos juntos melhorar a vida das trabalhadoras domésticas no país”, afirmou.

Pablo Marçal (Pros) realizou um “adesivaço”, em Goiânia, no meio da tarde. Em suas redes sociais, o candidato disse estar pronto para passar os próximos quatro anos governando a nação, “para fazer famílias serem restauradas, para abrir empresas, para gerar emprego, para afastar esse mostro da inflação que tem assolado o mundo e o nosso país”.

A candidata Simone Tebet (MDB) se encontrou no final da manhã com o arcebispo Dom Orlando Abrantes, no Convento Redentorista, em Aparecida (SP). Depois, participou de uma missa na Basílica de Aparecida. Em entrevista a jornalistas após a reunião, disse que a visita tinha um cunho pessoal, mas não deixava de guardar relação com o momento político pelo qual o Brasil passa. “Vim pedir proteção a Nossa Senhora”, disse. “Para mim, não há nada sem a fé. Ela nos move. Então, venho com minha fé e busco aqui a paz que preciso para continuar”. À tarde, a senadora voltou à São Paulo para fazer gravações de seu programa de televisão para a propaganda eleitoral.

A candidata Sofia Manzano (PCB) faz panfletagem no Distrito Federal. Nas redes sociais, Sofia enumerou medidas para combater a fome, como a criação de redes de restaurantes e mercados populares; a manutenção e ampliação dos programas de auxílio emergencial para trabalhadores desempregados; e o congelamento do preço dos itens da cesta básica de alimentos.

Soraya Thronicke, do União Brasil, passou o dia em São Paulo realizando reuniões com assessores de campanha e fazendo gravações para o programa eleitoral.

Vera Lucia (PSTU) esteve hoje no bairro Vila Esperança, em Osasco (SP), onde fez uma caminhada e almoçou com moradores.

*Colaboraram Pedro Rafael Vilela, Alana Gandra e Bruno Bocchini.