COMPARTILHE E AJUDE INFORMAR MAIS PESSOAS


As aulas na rede pública e privada do Distrito Federal (DF) estão suspensas nesta sexta-feira (30). A medida foi determinada pelo governador Ibaneis Rocha em virtude do primeiro turno das eleições gerais, no domingo (2).

O decreto com a determinação foi publicado na última segunda-feira (26) no Diário Oficial do Distrito Federal. A suspensão de aulas também abrange as instituições de educação superior e de cursos livres, públicas e privadas.

Muitas instalações escolares serão usadas como zonas eleitorais. Por isso, o decreto do governador estabelece que os responsáveis por cada uma dessas unidades deem expediente hoje, desde cedo. Eles deverão receber as urnas eletrônicas, que são distribuídas pela Justiça Eleitoral.

Em relação à reposição das aulas, o governo do DF determinou que as escolas da rede pública sigam as diretrizes da Secretaria de Educação. No caso das instituições privadas, cada uma definirá como isso vai ocorrer.

Existe ainda a previsão dessa suspensão se repetir no dia 28 de outubro, na sexta-feira anterior ao segundo turno das eleições. O decreto, no entanto, já prevê o cancelamento dessa determinação caso não haja segundo turno no Distrito Federal. Para isso acontecer, a eleição para presidente da República e para governador do DF deverá terminar no primeiro turno, com os líderes em ambas as votações obtendo mais votos que a soma de seus adversários.