COMPARTILHE E AJUDE INFORMAR MAIS PESSOAS


A candidata à Presidência da República pelo PTSU, Vera Lucia, defendeu nesta quarta-feira (14) o aumento nos investimentos públicos para creches públicas no país. Em um debate realizado em Santo André (SP), nesta tarde, a candidata destacou que pretende retomar as obras de construção de creches que estão paralisadas.

“A nossa proposta é a retoma dos investimentos, a conclusão das obras paralisadas. Creche pública é um direito e deve ser garantido. Garantir creche 100% pública em período integral e de qualidade, fim dos convênios e parcerias público-privadas e pela estatização das creches privadas”, afirmou.

Segundo a candidata, em todo Brasil existem 1.216 obras em educação paradas e tal cenário pode inviabilizar que as metas do Plano Nacional de Educação (PNE) sejam atingidas.

“O objetivo [do PNE] é ter metade das crianças de até 3 anos matriculadas até 2024. O cálculo com dados de 2020 mostra que nem um terço das crianças dessa faixa estava em creches públicas e privadas, segundo Comitê Técnico de Educação do Instituto Rui Barbosa. Para alcançar a meta do Plano Nacional de Educação, o Brasil precisa matricular 2,2 milhões de crianças de até 2 anos de idade”, disse.

Vera Lucia disse ainda que “que a falta de creche é um dos problemas mais sentidos pela classe trabalhadora”.

“Mais do que uma simples vaga em uma instituição de ensino para deixar os filhos, a creche representa parte do processo de emancipação e libertação da mulher. A falta de creche é um dos problemas mais sentidos pela classe trabalhadora, em particular pela mulher sobre quem recai a responsabilização sobre o cuidado com os filhos. O não atendimento à demanda da educação infantil é o principal motivo para as mulheres deixarem os seus empregos”, afirmou.