COMPARTILHE E AJUDE INFORMAR MAIS PESSOAS


A candidata do PSTU à Presidência da República, Vera Lúcia, defendeu hoje (26) a demarcação imediata das terras indígenas e se disse contrária a tese do marco temporal para demarcação e posse de áreas reivindicadas como tradicionais indígenas.

“Os povos indígenas têm todo o direito a preservar suas terras, suas identidades, suas culturas. Por isso, defendemos a demarcação de suas terras e somos contra a tese do marco temporal. Defendemos a reparação histórica aos povos originários”, escreveu a candidata nas redes sociais. 

Vera ressaltou que as terras indígenas não só são espaço natural e meio de sobrevivência, como também funcionam como obstáculo para a destruição ambiental. “Os indígenas sofrem uma grande pressão para a não demarcação de suas terras para que sejam ocupadas pelo agronegócio e para exploração de madeira e minérios”, acrescentou.

Na manhã de hoje, a candidata reuniu-se com lideranças indígenas na cidade da Barra do Corda (MA).